• MAX FERCONDINI

Diário de Bordo - 19


Pôr do Sol no meio do Atlântico

Diário de Bordo - Dia 19

(13/12/2018)


Posição: 15 04 N 054 28 W

Milhas navegadas: 126 nm

Milhas para chegar: 381 nm

Velocidade média para o destino: 5.4 nós


Acordei às 11h45 e fui ao cockpit. Mirella estava sozinha enquanto Alexandre descansava na sala. Peguei nosso tablet e o modem via satélite para atualizar as posições no diário de bordo. Todas as manhãs, a equipe da ARC nos enviava reports com a posição de todos os veleiros e mais a previsão meteorológica para as próximas 48 horas (com atualização diária). Com todas estas informações tínhamos um tracking perfeito de toda a viagem até aqui. Pelos cálculos que fiz, às 12h04 da manhã deste dia, nos faltavam 67 horas de navegação (2 dias e 19h) se mantivéssemos a mesma média de velocidade das últimas 24h. A data e o horário (local) previsto para a chegada era dia 16/12/2018 às 7h da manhã.


Mirella me informou que o velocímetro do barco parou de funcionar novamente. Talvez o dano tenha sido feito pela quantidade de algas que íamos passando por cima no caminho. Realmente, aumentou muito a presença delas. Sinal de que estamos nos aproximando de terra e de águas menos profundas. Às 13h desci para fazer um late breakfast e colocar algo para dentro do corpo, já que eu não tinha jantado na noite anterior. Fiz torradas para mim e para a Mirella que continuava entretida levando o barco.

Chef na cozinha preparando o almoço

Às 13h25 eu assumi o leme para que a Mirella pudesse descansar um pouco. Ela já estava a mais de 5h levando o barco e o sol começou a castigar. Alexandre continuou descansado por mais algum tempo. Às 14h35 eu abri mais a genoa, já que o vento estava bem constante e não tínhamos previsão de rajadas para a tarde. Assim aumentamos um pouco mais a velocidade de deslocamento do barco. Alexandre acordou às 16h e foi lavar a louça. Mirella e eu trocamos o turno às 16h20 e eu fui descansar um pouco antes de me preparar para fazer o almoço.


Quinoa com palmito, alcachofra, tomate, milho, cebola e pimentão

Às 17h eu desci para a cozinha e, atendendo aos pedidos, me coloquei a preparar uma salada de quinoa para todos. Com o dia quente, essa foi a melhor pedida. Hidratei a quinoa com água quente e, após esfriar, acrescentei palmito picado, alcachofra, tomate, milho, cebola e uns pedaços pequenos de pimentão em conserva. De tempero coloquei vinagre balsâmico, pimenta do reino, algumas ervas e gotas de teriyaki. Almoçamos às 18h no cockpit ao som de música instrumental espanhola. Após a refeição, Mirella assumiu o leme e o Alexandre ficou fazendo companhia para ela. Às 20h25, desci para a sala e fui descansar para o meu próximo turno de navegação que se iniciaria à meia noite.

Posição: 15 04 N 054 28 W

112 visualizações1 comentário

© 2020 por Max Fercondini

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Twitter Icon
  • White Vimeo Icon